Os pedágios paranaenses são proibitivos

Falar dos pedágios exorbitantes do Paraná é chover no molhado. Esse é um dos “grandes legados” deixado por Jaime Lerner ao povo paranaense mas nunca é demais relembrar!

Tudo bem que os cidadãos paulistas estão numa situação pior, já que estão “acostumados” a pagar muito mais caro para transitar pelas rodovias de São Paulo, mas é inadmissível os valores cobrados nos pedágios do Paraná. Talvez, no estado vizinho, pelo poder aquisitivo ser mais elevado, seja possível pagar – só lembrando que, pra justificar o injustificável, é muito fácil pegar o pior exemplo da federação brasileira pra empurrar esse presente de grego guela abaixo; mas pelas terras do pinhão e das araucárias é totalmente descabido o valor que temos de pagar!

Venho registrar essa reclamação pública devido ao receio do governo tucano do Paraná seguir/aprofundar mais um “exemplo” do governo psdbista paulista! O motivo da revolta é simples: recentemente viajei de carro ao litoral catarinense e em seguida fui ao interior do Paraná. Infelizmente, como era de se esperar, os pedágio estaduais do Paraná superaram amplamente os pedágios federais de Santa Catarina.

- Rodei aproximadamente 504 km de Curitiba ao litoral catarinense (ida e volta de Curitiba a Bombinhas) e gastei = TOTAL de ~R$ 8,20! 

- Rodei aproximadamente 404 km pelo interior do Paraná (ida e volta de Curitiba a Prudentópolis) e gastei = TOTAL de ~R$ 42,00!

Posso estar ficando louco (ou pobre!), ou as duas coisas, mas parece que ninguém se importa em gastar mais para transitar por rodovias mal conservadas como as do estado do Paraná!

share save 171 16 Os pedágios paranaenses são proibitivos
Esta entrada foi publicada em Trânsito e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta